Connect with us

Sociedade

Angola – Lançada primeira pedra para construção do mercado Pulo Wime

Published

on

Luanda: O presidente da Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agro-pecuárias de Angola (Unaca) Albano Lussati, lançou, hoje, segunda-feira, a primeira pedra para a construção de um mercado rural na comuna dos Ramiros, município de Belas, em Luanda, denominado “Paulo wime” numa área de mais de dois hectares.

Ao falar neste acto que coincidiu com a celebração do 27 º aniversário da Unaca, que hoje se assinala, o responsável disse que quando estiver edificado, o mercado vai permitir aos agricultores da cooperativa-agrícola Patrice Lumumba reduzir a distância percorrida para a comercialização dos seus produtos.

Por outro lado, disse ser saudável a presente campanha agrícola 2016/2017, pelo facto das cooperativas receberem instrumentos agrícolas e fruto do esforço do Executivo que permitiu que baixasse o preço do adubo a cinco mil e 500 kwanzas (Akz), o que no ano passado era comercializado Akz 20 a 35 mil.

A Unaca dirige um milhão e 50 camponeses e cada um destes controla dois a cinco hectares de terra que se destacam na produção em grande escala de mandioca, milho, feijão cereais na zona, a batata-doce, entre outros produtos do campo.

“Actualmente, os camponeses apostam na produção de vários produtos, principalmente, naqueles cujo rendimento for maior, para garantir a sua sustentabilidade, referiu.

Por sua vez, o administrador adjunto para a área técnica dos serviços comunitários e infra-estruturas do Ramiro, António Ramos, disse que a maneira como as cooperativas da Unaca trabalham facilita no cumprimento das suas necessidades.

Os camponeses angolanos estão preocupados em encontrar espaços para comercializar os seus produtos. O mercado Paulo Wimi vai ser um ponto de comercialização para todos os produtos cultivados no campo na região e não só.

Já o director geral adjunto do Instituto do Desenvolvimento Agrário (IDA) Augusto Nguimbi, considerou positivo o trabalho desempenhado pela Unaca no que diz respeito a organização e legalização das cooperativas e associações.

O IDA tem dado o seu contributo aos camponeses, através de informações e os passos a seguir para a arrecadação de crétido agrícola e a gerência do bem comum e entre outras formações  para melhorar, cada vez mais, o funcionamento das cooperativas e associações de camponeses.

A Unaca foi criada no dia 6 de Fevereiro de 1990, constituída pela União Nacional dos Camponeses Angolanos num acto presidido pelo presidente José Eduardo dos Santos, com objectivo de representar os camponeses junto do Estado.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas