Connect with us

Sociedade

Angola com diagnóstico de quase 1300 casos da variante inglesa

Published

on

Mil duzentos e noventa e quatro da variante inglesa foram diagnosticados em Angola desde o mês de Março do ano em curso, anunciou, nesta sexta-feira, 07, o secretário de estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

Franco Mufinda, que falava na habitual sessão de actualização de dados, destacou o facto de a variante inglesa estar a atingir até crianças, razão pela qual pede à população para o cumprimento obrigatório das medidas de biossegurança.

Segundo o responsável, a variante inglesa é a mais contagiosa e letal, considerando ser necessário não se descurar o cumprimento das medidas de biossegurança.

Franco Mufinda reforçou que a prevenção e combate à covid-19 é uma tarefa colectiva, mas acima de tudo individual.

Conforme o responsável, o aumento de casos no país, nas últimas semanas, resultado do desrespeito pelas medidas de biossegurança. Particularmente, o não uso de máscara facial e os aglomerados populacionais.

Dados disponíveis indicam que nas últimas semanas foram registados 677 casos positivos.

O quadro geral apresenta 28.201 casos positivos, com 628 óbitos, 24.698 recuperados e 2.875 activos. Dos activos, estão 16 críticos, 3 graves, 115 moderados, 48 leves e 2.653 assintomáticos.

Por Angop