Connect with us

Sociedade

Ancoró e pau de Cabinda entre os mais procurados pelos jovens em Luanda a 24 horas do Dia dos Namorados

Published

on

O comércio de rua em Luanda, particularmente realizado por mulheres, ficou esta segunda-feira, 13, véspera do dia em que se celebra o Dia dos Namorados, marcado pela procura de produtos afrodisíacos, como o pau de Cabinda e o ancoró, constatou o Correio da Kianda, durante a manhã, e o princípio da tarde de hoje, em zonas como Zango, Primeiro de Maio, Congolenses, Viana e Cacuaco.

Em pó, cápsulas ou raízes, a venda de estimulantes sexuais teve hoje uma grande procura, até por cidadãos estrangeiros. Os relatos são de quem se dedica à venda destes produtos, em locais como, postos de abastecimento de combustíveis, feiras, e mercados informais, todos em Luanda, por onde a equipa do Correio da Kianda passou.

“Hoje entrei na zunga por volta das 8 horas, mas quando eram 11 horas, já vendi ancoró de 25 mil. Tive de ir novamente aos kwanzas para ir comprar  de novo”, disse Isabel, senhora de 45 anos de idade, comerciante de afrodisíaco há mais de 20 anos, que explica, que o ancoró é um pó, com efeitos imediatos na hora ou duas horas antes do acto sexual, daí, a sua procura constante, até por cidadão estrangeiros.

“Todos os anos tem sido assim, quando falta um dia para o Dia dos Namorados, nós vedemos muito, e hoje como o senhor jornalista vê, quase todas nós já não temos produtos, por isso é que estamos a beber as nossas cervejas, porque todo pau de Cabinda que trouxemos acabou, e só restou comprimidos, e nem todos gostam destes comprimidos da fábrica, preferem mesmo o natural, que aguenta na pura hora”, relatou uma outra comerciante, em Viana.

Acreditando na sua eficácia, as vendedoras apontam os cidadãos chineses, cubanos e portugueses, como os que mais concorrem com os jovens angolanos, na procura do ancoró e do pau de Cabinda.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas