Connect with us

Sociedade

Analista diz ser urgente criação de medidas para travar saída de jovens do país

Published

on

O Executivo angolano precisa continuar a gizar políticas exequíveis para evitar a saída de jovens do país em busca de oportunidades de emprego na diáspora.

A afirmação é do jurista e político Mfuca Muzemba, que sustenta que, nos últimos anos, Angola tem registado a saída de vários jovens, pelo que “é urgente a criação de medidas que atraiam essa franja da sociedade a permanecer em solo pátrio e contribuir com o seu saber na resolução de vários problemas”.

“Temos que garantir os melhores quadros pois precisamos para promover o desenvolvimento do país”, disse.

O também analista residente do espaço Revista de Imprensa disse, por outro lado, que o país tem sido a preferência de vários cidadãos estrangeiros que dominam quase que todo o comércio a retalho, e chama atenção sobre as desvantagens que o facto pode trazer.

Ouça o programa na íntegra abaixo 

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas