Connect with us

Politica

Ana Gomes encoraja Angola a reclamar perdas por branqueamento das receitas de diamantes

Published

on

Em declarações esta quarta-feira (20.06) à agência de notícias Lusa, em Bruxelas, a deputada do PS ao Parlamento Europeu, Ana Gomes, indicou que dirigiu na terça-feira cartas ao BdP, com conhecimento para as autoridades bancárias europeias, relativamente à avaliação de idoneidade de Isabel dos Santos e também do empresário angolano Carlos Silva, lembrando que a primeira, filha do antigo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, é uma das principais accionistas do EuroBic, e o segundo é presidente do Conselho de Administração do Banco Privado Europa. 

“Eu estou a fazer perguntas óbvias que nem devia ser preciso eu perguntar, e que só pergunto porque aparentemente o Banco de Portugal não quer ser ele próprio a ser confrontado com essas questões. Mas tem que ser confrontado, porque o BdP tem tremendas responsabilidades”, disse Ana Gomes, acrescentando que, depois do caso do Banco Espírito Santo (BES), “não é admissível que mais uma vez o BdP continue a fechar os olhos”.

Isabel dos Santos

No caso concreto de Isabel dos Santos, a eurodeputada apontou que, na carta dirigida ao governador e aos administradores do Banco de Portugal questiona justamente se vai ser renovada “a avaliação de idoneidade que precisa dar à senhora dona Isabel dos Santos para lhe permitir ser accionista qualificada de bancos em Portugal, sobretudo tendo em atenção declarações que prestou recentemente num tribunal em Paris (…) em que ela afirmou que as contas não eram o seu forte”, disse.  

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *