Conecte-se agora

Mercados

“Amazon de África” dispara 75% na mega-estreia em Wall Street

A maior plataforma de comércio online do continente africano estreou-se em bolsa na sexta-feira, com uma subida de mais de 75%. O valor de mercado ascende a quase 4 mil milhões de dólares.

Redação

Publicados

on

“amazon de África” dispara 75% na mega-estreia em wall street - JUMIA - “Amazon de África” dispara 75% na mega-estreia em Wall Street

A Jumia Technologies, já apelidada de “Amazon de África”, estreou-se na bolsa de Nova Iorque esta sexta-feira. E com um forte desempenho. As ações da maior operadora africana de comércio eletrónico dispararam mais de 75%, tendo fechado o dia a valer 25,46 dólares, depois de se terem estreado a 14,50 dólares.

A empresa, que foi o primeiro unicórnio africano a entrar em bolsa, tem uma capitalização de cerca de 3,9 mil milhões de dólares.

De acordo com o registo do IPO, a Jumia Technologies tinha 4 milhões de clientes ativos no quarto trimestre de 2018, e operações em 14 países do continente africano, incluindo Gana, Quénia, Costa do Marfim, Marrocos e Egito.

Em dezembro, a plataforma de comércio eletrónica fundada em 2012, acumulava prejuízos de quase mil milhões de dólares.

À CNBC, o CEO da Jumia Technologies, Sacha Poignonnec, explicou que o grande obstáculo ao comércio eletrónico em África é para os vendedores, por causa das infraestruturas ineficientes da região. Para os consumidores, garante, é uma grande mais-valia.

A empresa “oferece muita inclusão aos consumidores que não têm necessariamente direito de acesso ao retalho”, disse Poignonnec.

Poignonnec acrescentou ainda que há uma grande oportunidade em África porque muitas pessoas ainda não experimentaram as compras online.

“Quando perguntamos às pessoas que nunca usaram as compras online, o principal motivo é por não saberem fazer compras online”, explicou. “Isso já não tem a ver com infraestruturas, mas com hábitos de consumo”.

A Jumia, sediada na Alemanha, trabalha com empresários locais e empresas de logística para entregar os produtos. Metade das entregas é para as grandes cidades e a outra metade para as cidades secundárias e rurais.

Alguns dos maiores clientes da Jumia são a Apple, HP e Huawei.

 

C/ JN

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (220)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (12)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (12)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (58)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (4)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD