Connect with us

Especial Educação

Alunos do Zaire são melhores a Matemática

Published

on

Os alunos da província do Zaire obtiveram a melhor média na fase piloto dos exames nacionais, realizados em 2022. Luanda e Huíla partilham os melhores resultados em Língua Portuguesa.

A informação foi avançada nesta quarta-feira pela Directora Adjunta do Instituto Nacional de Avaliação e Desenvolvimento da Educação (INADE), Luty Marla da Costa, que falava na antevisão do primeiro Simpósio Internacional sobre Avaliação Externa das aprendizagens, que decorre hoje, 12 de Janeiro, no Memorial Dr. António Agostinho Neto, em Luanda.

Luty Marla da Costa disse que a fase piloto dos exames nacionais baseou-se numa amostra “muito pequena”, mas que permitiu obter resultados “satisfatórios que nos permitem fazer um diagnóstico para redefinir a política educacional no país.

Segundo a responsável, a fase piloto dos exames nacionais abrangeram alunos da sexta e da 12°classe, avaliados nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, e foram baseados nos conteúdos que são ensinados em todas as escolas do país.

A província do Zaire apresentou a melhor média nacional na disciplina de Matemática, o que permite saber os conteúdos que melhor estão a ser ensinados.

Sobre a Língua Portuguesa, a directora Adjunta do INADE referiu que a Huila apresentou “bons indicadores, mas a melhor média nacional nesta disciplina foi encontrada na província de Luanda”

Sobre o Simpósio Internacional

Luty Marla da Costa disse que o primeiro Simpósio Internacional sobre avaliação externa das aprendizagens serve para avaliar o processo logístico do processo, que “requer cuidados redobrados, pois os resultados servem para um relatório que ajuda a redefinir a politica educacional no país”.

Outro objectivo, de acordo com a responsável, é de trocar experiências com Portugal, Cabo-Verde e Moçambique, que conforme fez saber, já realizam exames nacionais há vários anos.

Além de representantes do ministério da Educação daqueles três países lusófonos, o INADE estendeu convite a entidades nacionais, sendo que o maior número de inscritos são entidades particulares.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas