Connect with us

Cultura

Alunos da Escola Portuguesa expõem “vivências” de Luanda no Instituto Camões

Published

on

Uma exposição conjunta está patente até 30 de Junho de 2022, no Camões- Instituto Português, em Luanda a mostrar 70 trabalhos produzidos pelos alunos da Escola Portuguesa de Luanda, no âmbito das disciplinas de Educação Visual, Educação Tecnológica e da Arte, enquadrada nas actividades do mês de Junho, dedicado às crianças.

Os alunos que produziram os 70 trabalhos são do Pré-Escolar ao 12º ano, em conjunto com os seus professores e contaram com a participação de artistas Álvaro Macieira e Van, que ensinaram novas técnicas de colagem e pintura, tendo desenvolvido algumas das propostas que apresentam agora na Exposição de artes plásticas “Vivências”.

A exposição é uma parceria entre o Camões – Centro Cultural Português e a Escola Portuguesa de Luanda, que já conta com 11 anos de existência.

Segundo a coordenadora da iniciativa Arte na Escola e do Plano Nacional das Artes, Cecília Martins, através desta iniciativa, todos os anos “a Arte vem para rua dar-se, doar-se e mostrar-se atrevida como ela é, à cidade, aos Luandinos”.

A professora referiu que a parceria representa uma oportunidade para a escola sair das suas fronteiras naturais que é o perímetro escolar e a comunidade educativa e envolver-se também com outros públicos.

O tema “Vivências” surge como inspiração, vivências de momentos, bons e maus que ficaram registados na memória e que agora saltam para a tela. Num ano em que começamos a sair da clausura imposta pela pandemia, surge uma exposição cheia de cor, em que cada trabalho representa a “Vivência” de cada criança ou jovem.

Exposição “vivências” das crianças e jovens de Luanda

A exposição, inaugurada nesta quarta-feira 8 junho, pode ser visitada até 30 de junho corrente, nos horários 9h00 – 12h00 e 14h00 – 17h00, de segunda a quinta feira; à sexta-feira das 9h00 às 13h00; sábado (dias 18 e 25 de junho) das 9h00-12h00.

Colunistas