Connect with us

Sociedade

Alta patente da Polícia acusado de falsificar kwanzas começa a ser julgado

Published

on

Teve início nesta terça-feira, 20, pela câmara criminal do Tribunal Supremo, o julgamento do sub-comissário da Polícia Nacional, Domingos Miguel Adão Francisco, que foi 2º comandante provincial da polícia no Bengo, até 2019, e mais dois arguidos, acusados de colocar em circulação no mercado nacional vários milhões de kwanzas falsificados.

Durante a audiência presidida pelo venerando juiz conselheiro, Daniel Modesto, o advogado de defesa do subcomissário Zinho Baptista Manuel, disse existir vícios na maneira como o processo foi instruindo contrariando os pressupostos do Código do Processo Penal. Pretensão rebatida pelo Ministério Público.

O sub-comissário Domingos Miguel Adão Francisco foi 2º comandante provincial do Bengo da Polícia Nacional, durante alguns anos, e foi exonerado do cargo pelo Presidente da República e comandante-em-chefe das Forças Armadas Angolanas João Lourenço, em 2019.

Em actualização