Connect with us

Economia

AIPEX registou 345 projectos com investimento de mais de três mil milhões de dólares

Published

on

Desde a sua criação, em Março de 2018, a Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX) registou 345 projectos de investimento, com um volume de negócio de mais de três mil milhões de dólares, gerando 885 postos de trabalho directos a nacionais e 42 para expatriados. Entretanto, 79% destes projectos estão em Luanda.

Os dados foram revelados nesta quarta-feira, em Luanda, pelo Presidente do Conselho de Administração da AIPEX, António Henriques da Silva, durante a Conferência de Imprensa que visou balancear as actividades da agência nos primeiros três anos da sua existência. Em termos de volume de negócio, Henriques da Silva revelou que foram somados 3.492.000.000,00 (três mil, quatrocentos e noventa e dois milhões de Dólares americanos, em vários sectores. Segundo fez saber, a Indústria transformadora, com 153 projectos no valor de 1781.000.000,00 dólares, é a que melhor se destaca, seguido do comércio, com 78 projectos no valor de 149.000.000,00 dólares, prestação de serviços com 69 projectos no valor de 313 milhões de dólares e a agricultura com 213 milhões de dólares investidos em 16 projectos.

António Henriques da Silva referiu ainda que dos 345 projectos registados, 81 já foram implementados, 178 registados, ao asso que os restantes encontram-se em execução, além de outros 10 projectos que foram cancelados, por desistência ou mudanças de plano dos próprios investidores, e cujo valor de referencia foi de 36 milhões de dólares.

Os 81 projectos de investimentos já implementados, sendo que 25 dos quais são investimentos directos estrangeiros, correspondendo a 1.019 milhões de dólares, ao passo que os 254 que estão a ser implementados correspondem um valor de 2438 milhões de dólares.
Em termos de reflexo à economia, o PCA da AIPEX avançou que estes projectos permitiram a criação de mais de mil postos de trabalho, sendo 885 empregos directos para nacionais e 42 para expatriados.

Distribuição dos projectos

Em termos de sectores a indústria transformadora é o que tem o maior número de registos, com 153, seguido do comércio (78), prestação de serviços (69), agricultura (16). A construção Civil, as telecomunicações, a Educação, Hotelaria e Turismo, a Saúde e as pescas, constam também do leque de sectores de investimentos registados em Angola por meio da AIPEX.

A província de Luanda, com 273 é a que tem o maior número de investimentos registados, com 79% do total de 345, seguido pelas províncias do Bengo (13), Benguela (12) e Malange com 10, as restantes 11 províncias têm menos de seis projectos cada, ao passo que Moxico, Bié e Uíge não têm qualquer projecto registado.

Questionado sobre este quadro comparativo, O PCA da AIPEX garantiu estarem já em curso negociações de empresários estrangeiros no sentido de investirem nas demais províncias, tendo citado como exemplo, as negociações com um grupo de investidores namibianos interessados em implementar projectos ligados ao sector dos transportes na província do Cunene, alem de outros previstos para o Bié e Cuando Cubango.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (25)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania