Connect with us

Economia

AIF: ministro Mário João apresenta oportunidades de investimentos em Angola na Côté d’Ivoire.

Published

on

O ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João, participa, desde esta terça-feira, 03, do Fórum de Investimentos de África, que decorre em Abidjan, a capital económica Côté d’Ivoire.

A terceira edição do África Investment Fórum, organizado em parceria com o Banco Africano de Desenvolvimento, decorre sobre o lema o “maior mercado de investimento transacional em África”, do qual participam patrocinadores de negócios, correctores e decidires de todo o Mundo.

Segundo os organizadores, “foram identificados 13 projectos com um valor total de 3,68 mil milhões norte-americanos. Cada um é projectado para promover a autossuficiência e resiliência da África a choques futuros”.

O Ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João, representa nesta sexta-feira, 4, Angola numa mesa redonda sobre o Compacto Lusófono, durante a qual vai destacar as potencialidades de Investimentos que o país oferece aos empresários que pretendem investir no país.

O Compacto Lusófono é uma plataforma de investimentos que resulta de uma parceria entre o BAD, os governos de Portugal, Angola, Cabo-Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Por via dessa plataforma pretende acelerar o crescimento do sector privado e a implementação de Parcerias Publico-Privadas, (PPP).

Nessa iniciativa, Angola tem uma carteira indicativa de projectos para beneficiar de financiamento avaliada em carca de 528 milhões norte-americanos para os sectores da agricultura, energia e indústria.

Sobre o Fórum de Investimentos de África

O Fórum de Investimento de África, AIF, (sigla em Inglês) é o mercado de investimento da África, defendido pelo Banco Africano de Desenvolvimento e seus parceiros, para acelerar a redução de lacunas de investimento do continente. O este fórum opera como uma plataforma de muitos actores e multidisciplinar dedicada a amadurecer projetos para estágios financiáveis, levantar capital e (c) acelerar o financiamento de negócios.

A visão do AIF é que se torne numa plataforma transacional de alavancagem para o equilíbrio de capital para os sectores críticos de África com o objectivo de alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a Agenda 2063, entre outros.

A referida plataforma apresenta três objectivos fundamentais, nomeadamente, o avanço dos projectos para o estágio financiável, através da preparação eficaz de projectos, bem como serviços de consultoria de transações eficientes que promovam os negócios no pipeline do Africa Investment Forum, ainda a Captação de capital para a mobilização de parceiros e investidores, sobretudo institucionais, para o aumento do cofinanciamento, bem como acelerar o financiamento de negócios por via de uma abordagem coordenada.

Além do Ministro da Economia e Planeamento, a delegação de Angola integra também o Director da Direcção Nacional de Estudos e Planeamento, Luís Epalanga.

Colunistas