Connect with us

Economia

AIA diz que programa de privatização é prejudicial para o Estado

Redação

Published

on

- 011d3d82a 5509 4e29 81cf de010c9fae7f - AIA diz que programa de privatização é prejudicial para o Estado

Associação Industrial de Angola (AIA), pediu que seja modificado o sistema de privatização de fábricas anteriormente geridas pelo estado, afirmando que cidadãos angolanos poucas hipóteses têm de beneficiarem do programa.

A AIA diz ainda que no actual molde o programa de privatização é também prejudicial para o estado.

A posição da AIA foi tomada depois de, recentemente, o Governo ter sido forçado a vender as primeiras cinco unidadesa um valor muito aquém do que havia projectado.

Dezasseis milhões de dólares norte-americanosé o valor que Estado angolano arrecadou com a privatização integral de cinco unidades industriais, instaladas na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda e Icolo e Bengo e que estavam inoperantes há 10 anos.

A projecção inicial era arrecadar 80 milhões de dólares norte-americanos, mas “o mercado a acabou por ditar o valor final das aquisições”.

O presidente da AIA, José Severino disse que se o governo insistir nessa modalidade de venda das fábricas a privatizar, as perdas para os cofres do Estado serão maiores sublinhado ainda que o processo não beneficia os empresários nacionais.

“Nestes termos, esses concursos não podem continuar”, defendeu o empresário angolano que saudou “a coragem” do governo em lançar o processo de privatizações.

“O importante é o processo de privatização ter começado e aí saudamos a coragem do governo”, disse.

 

C/ Mercado

Continue Reading
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Avatar

    Abreu Miguel

    20/09/2019 at 5:18 pm

    É uma alerta muito sábia que o Dr. Severino avança e que deveria servir de elemento de reflexão para o governo.A minha opinião é a seguinte: sob o olhar atento do estado, que se criasse uma estratégia de funcionamento das empresas que ainda não foram privatizadas e num período acoplado a essa estratégia, se observasse os resultados e se comparasse aos resultados e benefícios sociais daquelas que foram privatizadas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (306)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (70)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação