Connect with us

Sociedade

Agente condenado e expulso da Polícia por tentativa de violação de criança

Published

on

Um agente de segunda classe da polícia, operativo afecto ao Comando Municipal de Cacongo, foi condenado na passada sexta-feira, 15, pelo Tribunal Militar de Cabinda, a quatro anos de prisão efectiva pelos crimes de abuso sexual de menor de 16 anos, insubordinação e conduta indecorosa.

Segundo a acusação do Ministério Público, no dia dos factos, Elias Cawini, de 39 anos, encontrava-se escalado para o serviço de guarda e guarnição da unidade e, quando foi ordenado pelo oficial do dia para que rendesse o piquete, rejeitou categoricamente, tendo de seguida, abandonado o local de serviço e a unidade.

Sendo que, pelo caminho deparou-se com a menor que ia a cantina, fardado e visivelmente alcoolizado, agarrou a menor e esta, com o uso da força, conseguiu livrar-se. Não satisfeito, o arguido perseguiu a menor e, pela segunda vez, agarrou-a com o intuito de a violar, entretanto não foi possível a penetração sexual.

Elias Cawini, natural do município de Cuíto Cuanavale, Cuando Cubango, foi igualmente condenado a uma pena acessória de expulsão da Polícia Nacional, nos termos do artigo 7.° da alinha/a n.° 3 da Lei dos Crimes Militares, e no pagamento de uma indemnização no valor de 300 mil kwanzas à vítima pelos danos morais causados.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. João Dias

    21/03/2024 at 7:25 am

    Ele próprio é quem procurou a expulsão

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *