Connect with us

Economia

Africell é a quarta operadora de telefonia móvel no país

Redação

Published

on

A Africell Global Holding Ltd venceu o concurso público para a atribuição do quarto título global unificado para a prestação de serviço público de comunicações electrónicas em Angola, anunciou, nesta segunda-feira, 6, o Governo.

Em nota publicada pela Angop, os Ministérios das Finanças e das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social indicam que a atribuição a um novo operador do quarto Título Global Unificado para Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas vai trazer maior concorrência ao sector das telecomunicações angolano e melhorar a qualidade dos produtos, serviços e preços, trazendo, assim, contributos relevantes para o crescimento económico e para a melhoria do bem-estar dos cidadãos.

“Após uma análise minuciosa, a Comissão de Avaliação concluiu que a proposta da Africell respondeu, de modo satisfatório, às exigências das Peças do Procedimento, assim como aos interesses do Estado angolano”, destaca o comunicado.

Após a conclusão da negociação e o provimento dos termos finais estabelecidos, à Africell será concedida a licença TGU, para operar no território nacional e celebrará com o Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) o respectivo contrato de concessão.

Em declarações publicadas pela Angop, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, disse que, com a atribuição do quarto título, estão reunidas as condições para os angolanos poderem contar com uma operadora que influencie na melhoria, cada vez mais, da qualidade do serviço disponibilizado.

“Tem capacidade para atender o mercado angolano, tendo em conta que já actua em vários países africanos há mais de 12 anos”, afirmou.

Africell Holding SAL

A Africell é um player internacional, com 18 anos de actividade no sector das Telecomunicações, disponibilizando a mais de 12 milhões de clientes o serviço de telefonia móvel, de Internet, televisão por subscrição e mobile money, estando presente em quatro países africanos, nomeadamente, Gâmbia, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Uganda.

Na fase que agora se inicia, a candidata qualificada disporá de tempo razoável para submeter a sua Proposta Técnica e Financeira, que será alvo de análise e avaliação por parte da Comissão de Avaliação, considerando os critérios de adjudicação estabelecidos no Caderno de Encargos e nos Termos de Referência.

“A atribuição a um novo operador do 4.º Título Global Unificado para a Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas pretende trazer maior concorrência ao sector das Telecomunicações angolano e melhorar a qualidade dos produtos, serviços e preços, trazendo, assim, contributos relevantes para o crescimento económico e para a melhoria do bem-estar dos cidadãos”, finaliza o comunicado.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania