Connect with us

Mundo

África do Sul vai enviar quase três mil soldados para apoiar combate contra M23

Published

on

A África do Sul prevê enviar um contingente de 2.900 soldados para a República Democrática do Congo para ajudar nos combates contra grupos rebeldes armados no Leste daquele país.

Num comunicado, citado pela Africanews, na segunda-feira, o presidente Cyril Ramaphosa, disse que a implantação deve custar 105 milhões de dólares e durará até Dezembro de 2024.

Malawi e Tanzânia também enviarão tropas para a missão, que está a substituir a força regional da África Oriental que deixou a RDC, em Dezembro de 2023, depois do governo congolês a considerar ineficaz.

As tropas fazem parte da contribuição da África do Sul para a Missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral no Congo Oriental, aprovada em Maio de 2023 para enfrentar o agravamento da situação de segurança na área.

Desde então, os rebeldes do M23 avançaram e continuam a ocupar as aldeias no território de Masisi (Kivu do Norte), com Kinshasa a acusar Kigali de financiamento das acções do grupo na região. Acusação esta negada por Rwanda.

e.