Connect with us

Sociedade

Advogado acusa Administrador de Viana de não respeitar decisão do Tribunal

Published

on

A acusacão, de acordo com o causídico, é resultado de uma suposta pretencão do actual Administrador de Viana, em demolir residências construidas num espaço de oito hectares,no bairro Bita Sapu, distrito urbano do Kikuxi, nas proximidades da Via Expresso, pertencente a uma família herdeira de um camponês. A manuel pimentel, pesam ainda acusacões de abuso de poder, e de intimidacão contra familia herdeira.

Em causa está, um número de residências construidas num espaço que encontra-se em litígio, cuja a parte herdeira, que acusa o Administrador de Viana “de abuso de poder”, remeteu junto do Tribunal, uma providência cautelar. Providencia esta, que segundo Salvador Caminhão, advogado defensor da familia camponesa, as ameaças de Manuel Pimentel, Aministrador de Viana, em demolir residências construidas no espaço em litígio, cujo o processo ja se encotra em Tribunal, sinaliza um desrespeito das instituicão de Justiça.

Salvador Caminhão, afirmou em conferência de imprensa, que são os herdeiros da família do cidadão José Mário Candongo ( já falecido), os legítimos proprietários do referido terreno, conforme atestam os documentos do Governo Provincial de Luanda, terreno este, que de acordo com o advogado defensor, está agora ser atribuido pela Administracão de Viana a uma outra pessoa, de nome Bernardo Ndombele.

” Os nossos constituintes tem o documento que o III Secção do Tribunal Provincial de Luanda, lhe confere o direito de restituição à família, mas o senhor administrador Manuel Pimentel e enviou para o espaço esta quinta-feira, 23, forças da fiscalização e agentes da Polícia Nacional para obrigar os herdeiros a abandonarem o espaço”, explicou.

Diante da acusacão, o Correio da Kianda tentou contactar a Administracão de Viana nesta sexta-feira, mas não fomos atendidos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *