Connect with us

Sociedade

Administrador adjunto do município do Quela detido pelo SIC em Luanda

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal de Malanje, através do seu Departamento de Combate às Fraudes Financeiras e Fiscais, no âmbito do combate à corrupção e outros crimes conexos, deteve o ex-Administrador Municipal Adjunto do Quela, Jaime Cuandala Mendes da Costa.

De 35 anos, o ex-administrador do Quela está a ser indiciado pelo Ministério Público, por práticas de crimes de peculato e por existência de indícios sobre um suposto desvio de dezanove mil litros de combustível (gasóleo) que terão sido utilizados em benefício próprio aquando do exercício de funções de administrador adjunto.

A detenção ocorreu durante uma micro-operação, na tarde da última sexta-feira, 4, que incidiu na capital do país, Luanda, no município do Kilamba Kiaxi, culminando com a detenção do ex-Administrador Municipal Adjunto do Quela, Jaime Cuandala Mendes da Costa.

Cultivo de Cannabis 

O Serviço de Investigação Criminal em Malanje, através do Departamento Municipal de Kiwaba Nzoji, deteve recentemente, um cidadão nacional de 51 anos de idade, por cultivo de Cannabis Sativa vulgo Liamba.

A operação decorreu nas lavras do bairro Massango Canzonzo e fruto do trabalho de inteligência criminal foi possível proceder à desactivação de um campo, bem como à apreensão de 2.200 plantas de Cannabis, que encontravam-se camufladas nas plantações de mandioqueiras.

Salientar que o cidadão ora detido foi apresentado ao Ministério Público para responsabilização criminal.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (18)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania