Connect with us

Politica

Administração de Viana quer participação directa do empresariado local no desenvolvimento do município

Published

on

O administrador municipal de Viana, Manuel Pimentel, anunciou, neste domingo, 4, a abertura de uma Linha Verde para os empresários locais apresentarem as suas preocupações e acabar com o processo de burocracia que disse impedir o desenvolvimento do município mais industrial do País.

Manuel Pimentel, que discursava no encerramento da primeira Feira Agro-industrial daquele município da Província de Luanda, disse que “a administração Municipal de Viana tem as portas abertas”, para os empresários e que “se antes já tinha as portas abertas, hoje elas se abrirão muito mais”, constituindo-se num marco de viragem de relações.

Referiu ainda que o município de Viana deve ser o exemplo para a melhoria do ambiente de negócios, afastando todas as barreiras que impedem o desenvolvimento das actividades dos empresários no município.

“Temos que acabar com a burocracia temos que acabar com a corrupção. Não entrem por portas laterais nem traseiras, entrem pela porta da frente, entrem pela nossa porta e nós teremos as nossas portas abertas!, tendo reconhecido existir “uma série de barreiras por nós criadas, que impedem o desenvolvimento da vossa actividade, e eu quero apenas, saber de vocês, o que posso fazer, o que a administração pode fazer, para que vocês desenvolvam aqui as vossas actividades sem barreiras nenhuma”, exortou, prometendo fazer o que for da sua competência.

Advertiu entretanto, não ser capaz de resolver todas as preocupações, “mas posso fazer com que a vossa vida aqui seja facilitada aqui no município. Não é preciso pagar gasosa a ninguém, não preciso servir-se da protecção de um funcionário nem de intermediário para manter uma relação saudável com a administração”.

Disse ainda que o seu consolado tem o lema administrar com todos, por ele ser “apenas o administrador”, com um único propósito que se estende também para as responsabilidades sociais, e cuja sua concretização depende do apoio de todos os empresários do município.

“Se cada um de nós praticar uma acção social, das 300 empresas teremos mais de 300 acções sociais no nosso município”, tendo afirmado que não de deve desenvolver as actividades comerciais com altos níveis de pobreza que circundam as empresas em Viana.

“Senhores empresários, há famílias a sofrer, e só o Estado não é suficiente para nós reduzirmos esta essas assimetrias existentes. Precisamos de Vossa ajuda, precisamos do vosso apoio, chegar às comunidades, àquelas famílias mais carentes para que também possamos ajudar. Sem elas e sem todos nós não será possível desenvolvermos as nossas actividades aqui no nosso município”, pediu, acrescentado ainda que a “administração não precisa do Vosso dinheiro em troca dos nossos serviços. Não precisamos. Precisamos das Vossas acções. O que vocês precisam de Mim, dos funcionários da administração? Apoio! E eu estou aqui para prestar e fiscalizar quem vos fiscaliza e fazer possível a vossa liberdade, dentro dos parâmetros da lei”.

Disse ainda que o propósito da administração é melhorar a vida das populações do município e cuja concretização depende o empenho e dedicação dos empresários. “e quem vos vai fortalecer? Seremos também nós, a administração” para melhor servir os mais de três milhões de habitantes.

Acrescentou ainda estar aberto às críticas, por entender que os munícipes não são opositores e sim participes do desenvolvimento e por isso devem ter as mesmas oportunidades de participação do desenvolvimento social de Viana.

“Vamos dar emprego a estas pessoas e preciso da vossa ajuda. Preciso mesmo”, implorou.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (17)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania