Connect with us

Politica

Adalberto Costa Júnior preside exéquias de dirigentes da UNITA mortos em 1992

O Presidente da UNITA regressou ao País nesta quarta-feira, trinta dias depois de ter estado no exterior.

Published

on

Adalberto Costa Junior, segundo apurou este jornal, interrompeu o seu périplo pela europa e países asiáticos, para presidir às exéquias de Adolosi Mango Paulo Alicerces, ex-secretário-gerale e Elias Salupeto Pena, então representante da UNITA na Comissão Conjunta, mortos em Luanda, em 1992, sequência das escaramuças ocorridas em Luanda, na crise pós-eleitoral de 1992.

A realização das exéquias dos antigos dirigentes  do partido do Galo Negro, arrancam nesta quinta-feira, 17, com a uma cerimonia oficial da UNITA, que terá lugar no Complexo Sovismo em Viana, e contará com a presença de familiares, dirigentes, simpatizantes e amigos do partido, de acordo com a nota enviada a redacão do Correio da Kianda.

Prevê ainda o cronograma, que no dia 18 de Fevereiro o cortejo fúnebre parte de Luanda para o Bailundo, Huambo e Chilesso, no Bié, onde serão respctivamente inumados os restos mortais dos malogrados, na presença de familiares e de membros da direcção do UNITA.