Connect with us

Politica

Adalberto, Chivukuvuku e Justino voltam a juntar-se para falar da revisão constitucional

Published

on

Os presidentes da UNITA, Adalberto Costa Júnior, Bloco Democrático, Justino Pinto de Andrade, e o coordenador geral do PRA-JA, Abel Chivukuvuku,  anunciaram para esta quarta-feira, 10, em Luanda, a realização de  mais uma  conferência de imprensa tripartidária para falar sobre a revisão constitucional proposta pelo Presidente da República, João Lourenço.

Em declarações ao Correio da Kianda, o activista cívico Luís Paulo entende que os líderes partidários devem ser mais pragmáticos. “Acho oportuno que a oposição política deve ser pragmática em contrapor-se às acções do MPLA”, disse.

Luís Paulo afirma que o assunto ligado à revisão da Constituição da República de Angola (CRA) é um tema ligado intrinsecamente à vida de todos angolanos e era necessário que o Presidente República apresentasse a intenção de discutir com outras forças vivas do país e só depois prosseguir com a ideia.

O activista antevê que o segundo encontro da tripartida dos presidentes da UNITA, Bloco Democrático e do PRA-JA, pode vir abordar questões, como a falta de integração de outras forças da sociedade na concepção da proposta da revisão constitucional e a possível intenção do Presidente da República em influenciar o adiamento das eleições gerais prevista para 2022.

De acordo com o investigador dos direitos humanos, as acções de João Lourenço, nos últimos tempos, suscitam muitos equívocos, e que proposta de revisão da CRA pode ser entendida como uma forma de garantir a si mesmo mais poder constitucional para “continuar a fazer e desfazer aos olhos de todos angolanos”.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Pedro Henrique

    09/03/2021 at 11:51 am

    É um tema ligado à vida de todos angolanos, só não espero que não se aproveitam da situação para criar desordem na mente da população como tem feito.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *