Connect with us

Sociedade

Acusado de feitiçaria mata dois cidadãos durante julgamento tradicional na Cahama

Published

on

Dois cidadãos, de 28 e 43 anos de idade, perderam a vida vítimas de agressões durante um julgamento tradicional na Cahama, província do Cunene, por alegada feitiçaria.

O facto, que aconteceu no sábado, 01, foi protagonizado pelo suposto acusado de feitiçaria que encontra-se em fuga.

De acordo com o director de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional no Cunene, superintendente-chefe Nicolau Tuvecalela, o homicídio ocorreu debaixo de uma árvore, onde decorria a sessão de julgamento tradicional, durante a qual o acusado, revoltado e munido de uma catana agrediu as vítimas que acabaram por falecer.

O acusado desferiu dois golpes na cabeça e membros superiores das vítimas, causando ferimentos graves, que posteriormente acabaram por morrer ao caminho do hospital.

Segundo a polícia diligências estão em curso para a captura do suposto homicida.