Connect with us

Politica

Acto central do Dia da Paz será realizado em Cabinda

Published

on

O período das comemorações do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional, este ano, será de 01 a 20 de Abril de 2021, sendo que o acto central vai decorrer em Cabinda sob o lema “Angola – Paz, Unidade Nacional e Democracia”.

Contudo, de acordo com o comunicado do Ministério da Administração do Território, enviado ao Correio da Kianda, as actividades devem ocorrer em todo o território nacional, bem como nas missões diplomáticas e consulares de Angola.

A resolução 31/07, de 25 de Abril, do Conselho de Ministros, e o Decreto Presidencial 156/12, de 29 de Junho, estabelecem que as comemorações do 04 de Abril – “Dia da Paz e da Reconciliação Nacional”, visam os seguintes objectivos específicos desenvolver acções que incutam nos angolanos os ideais de paz, fraternidade, solidariedade, justiça social, unidade e reconciliação; incentivar e promover o espírito de tolerância, o respeito mútuo, da propriedade, e a reconciliação dos angolanos; exaltar valores como o amor à pátria e o respeito pelos seus símbolos e enaltecer a paz definitiva e a reconciliação nacional.

Há 19 anos, Angola alcançou um marco importante na sua história ao colocar um ponto final a uma duradoura guerra fratricida, abrindo caminho para a reconstrução e a reconciliação nacional. A 04 de Abril de 2002, o Governo de Angola e o partido UNITA rubricaram o Memorando de Entendimento ao Protocolo de Lusaka, traçando as linhas orientadoras para o renascimento de um País mais forte, mais unido e, sobretudo, pacificado.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (25)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania