Connect with us

Mundo

Ações da H&M atingem o seu nível mais baixo em 13 anos

Published

on

As ações da cadeia de moda sueca Hennes and Mauritz (H&M) ficaram hoje no nível mais baixo em 13 anos, após uma nova jornada negativa que culmina num desabe concentrado nos últimos três.

Após alcançar um preço recorde de 350 euros em 2015, os seus títulos cotavam hoje na Bolsa de Estocolmo a 119, menos 6,4% que ontem, às 14.00 hora local (12.00 GMT), depois da companhia ter apresentado o balanço do primeiro trimestre (1 de dezembro-28 de fevereiro), em que reduziu o seu lucro líquido 44%.

A H&M justificou o mau resultado pela queda das vendas e o aumento da mercadoria armazenada (stock) pelo inusual mau tempo, fatores também apontado pelos analistas dos principais meios suecos para justificar a tendência negativa, à parte da insegurança sobre os planos da empresa.

O principal rival da empresa de distribuição têxtil espanhola Inditex revelou hoje que o seu stock cresceu 8% este trimestre, que tem já um valor de 34.959 milhões de coroas suecas (3.431 milhões de euros) e que se verá obrigada a liquidar penhores nos próximos meses para deixar lugar à coleção de primavera.

“O aumento do stock terá também um efeito negativo nas vendas do segundo trimestre, mas para 2018 continuamos a acreditar num resultado algo melhor que o do ano passado”, afirmou numa conferência com analistas o seu diretor executivo, Karl-Johan Persson.

 

(Com Agencia EFE)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *