Connect with us

Politica

ACJ em Washington para “estreitar” relações com os EUA

Published

on

O presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, encontra-se em Washington a cumprir uma agenda de encontros com estruturas do Governo norte-americano e do Congresso, bem como outros parceiros multilaterais.

Em declarações à VOA, o líder do maior partido na oposição em Angola, disse ter viajado aos Estados Unidos da América para manter contactos que ajudem “a melhorar a abordagem do relacionamento entre os dois países que deve ser sempre multilateral”.

“A parceria estratégica com Angola está definida como parceria com o Governo, parceria com a sociedade civil, parceria com os partidos com a sua múltipla realidade de representação, não fica limitada a espaços de diálogo com o Governo, que é aquilo que infelizmente temos assistido. As delegações passam por Angola e falam só com os ministros e os ministros expressam só aquilo que um Governo partidário tem interesse e não naquilo que é a pluralidade da sociedade”, argumentou, ACJ, fazendo menção às relações entre Washington e Luanda que encontram-se num dos seus pontos mais altos, após o Governo dos EUA reconhecer os resultados oficiais das últimas eleições de Agosto de 2022.

Numa visita que pretende finalizar este sábado, 29, Costa Júnior considera ainda, segundo a publicação, que “o regime angolano está mais fechado, nos últimos tempos tem vindo a piorar em aspectos ligados a direitos cívicos e direitos políticos, há um problema cada vez pior da gestão económica”, disse, justificando a ida aos EUA, por ser “um país importante”.

“Ao estarmos aqui queremos ajudar a melhorar o relacionamento que deve ser multilateral”, reforçou.

De ressaltar que os Estados Unidos da América lideram a lista dos dez maiores investidores na Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), com 3502 milhões de dólares investidos entre 2018 e Fevereiro de 2023.