Connect with us

Politica

“Abertura de concursos públicos são propagandas eleitorais”, diz secretário provincial do BD

Published

on

O jurista e secretário provincial do Bloco Democrático em Luanda, Simão Afonso, disse, nesta quinta-feira, 05, ao Correio da Kianda, que a falta de visão política por parte de quem governa, tem sido uma “catástrofe” em questão de políticas públicas viradas a empregabilidade no país. O político alertou a juventude angolana a não deixar-se enganar com as aberturas de concursos públicos em vários sectores, referindo, que não passam de uma propaganda com fins eleitorais.

Simão Afonso afirma que os concursos públicos em fase de época eleitoral, nesta altura, pecam e dão impressão negativa de quem governa. “O que estamos a observar são circunstâncias específicas, e que este processo não devia ser ocasional, mas sim, regular para facilitar as pessoas, em particular aos jovens, que precisam trabalhar e ter o seu primeiro emprego”.

O jurista realçou ainda que não deve haver só concursos públicos em época das eleições. Apesar de ter se realizado algumas várias feiras de empregabilidade durante os quatro anos de governação de João Lourenço, o responsável do Bloco Democrático em Luanda, é de opinião que não reflectem aquilo que é a realidade, comparando com o número de jovens desempregados.

O dirigente partidário entende que é fundamental repensarmos o sistema de empregabilidade dum ponto de vista mais amplo, e não conforme está a ser feito e politizado, baseado num programa para reeleição do actual governo.

Simão Afonso advoga que para minimizar a questão do desemprego no país, passa por criar um sistema de instrução, da base até ao superior para dar continuidade a sua formação, e quando terminar não ter dificuldade de obter um emprego, e um outro é a facilitação nos processos para obtenção de uma pequena e medias empresas, que através delas podem empregar muitos desses jovens.

Em Angola, há muitos jovens visionários e cheios de ideias, mas, essas ideias, devem ser acompanhados de um processo que visa facilitar a abertura de uma empresa e que venham ter um rendimento e por sua vez produzir, é logico que poderá gerar mais emprego.

O político do BD, que aguarda a realização da conferencia província deste partido, para concorrer a sua própria sucessão, assegurou que a sua formação política atualmente está mais forte e dinâmica em função da nova direcção liderada pelo economista e político Filomeno Vieira Lopes. Simão Afonso, frisou que uma das prioridades do BD nesta altura será a reestruturação da base do partido reforçando com novos quadros que estão a aderir a organização.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (17)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania