Connect with us

Politica

“A nossa maior tragédia seria se a oposição ganhasse as eleições”, afirma jurista Manuel Pinheiro

Published

on

As declarações do jurista foram feitas na noite deste domingo, 11, no espaço Revista Zimbo, quando o painel de convidados, constituído por Manuel Pinheiro e David Mendes, analisava a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE), apreciada pelo Executivo em Conselho de Ministros.

Para o jurista Manuel Pinheiro, a oposição em Angola não tem quadros capazes “se quer”, para apresentar uma proposta do Orçamento Geral do Estado, pelo que, no seu entender, a vitória do MPLA nas últimas eleições, salvou os angolanos de uma “tragédia”.

“A nossa maior tragédia que poderia nos acontecer e que, infelizmente, foi evitada, é se a oposição ganhasse as eleições. Sim, seria uma tragédia porque não teria capacidade para apresentar um Orçamento Geral do Estado”, disse, fundamentando, quando indagado pela condutora da rubrica de análise da estacão de Talatona, que a “oposição quase que não tem estrutura para fazer nada”.

“Nós temos assistido vários debates dos orçamentos gerais do Estado e o que temos estado a ver, é conversa, sem estrutura, porque o nosso eleitor, as vezes dá voto em branco a uma pessoa sem estrutura para fazer nada”, disse, o jurista.

“A oposição não nos pode apresentar sempre a mesmíssima coisa, e neste momento esperamos, que não vale a pena entrar com a mesma questão de votar abaixo o orçamento, o voto negativo, negacionista”, concluiu.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. victor carlos

    14/12/2022 at 11:25 am

    Os quadros são os angolanos não a oposição, não metem na mente dos angolanos aquilo que não é, porque assim como as palavras do senhor comentador querendo aludir que todos que estão no executivo, são quadros do mpla isso é feio de mais.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *