Connect with us

País

“A existência de pessoas falecidas na base de dados é um falso problema” – MAT

Published

on

O Diretor Nacional do Registo Eleitoral Oficioso, Fernando Paixão, considerou hoje de normal a existência de pessoas já falecidas na de Dados de cidadãos maiores aptos para votar nas eleições Gerais de 24 de Agosto próximo.

Aquele responsável disse ainda que “é comum em todo o mundo, porque entre o processo de registo até ao dia do voto muitas pessoas morrem”.

Outro ponto avançado por Fernando Paixão, está no facto de haver “muito enterros clandestinos”, o que na sua perspectiva dificulta o trabalho das autoridades.

Sublinhou que o Ministério da Administração do Território (MAT) não tem competências para excluir ninguém (incluindo os mortos) da base de dados, pois esta responsabilidade cabe ao Ministério da Justiça e reiterou que não há qualquer problema pelo facto de pessoas falecidas estarem na base de dados.

“O que queremos tranquilizar as pessoas é o fato de existirem pessoas falecidas na base de dados, isso não põe em causa absolutamente nada, ou seja, a existência de pessoas falecidas na base de dados é um falso problema”, vincou.

O Director Nacional de Registo Eleitoral Oficioso do MAT reagia às preocupações manifestadas por vários cidadãos, sobretudo nas redes sociais, onde cidadão partilham resultados de consulta sobre locais de votos de seus parentes que já faleceram. Alguns destes denunciaram com casos de cidadão que faleceram em 2012, 2015 e 2017, 2020, 2021 exibindo imagens dos Bilhetes de Idantidade e respectivos Boletins de óbito.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Maurício Borges

    22/07/2022 at 7:23 am

    Para evitar mais barulho, o MAT deve fundamentar a sua resposta, explicando porquê que é um falso problema. Isto pelo facto de ter-se manifestado somente após o levantamento do problema. O MAT tem que defender o Estado como “pessoa de bem”. Senão fica difícil remover as dúvidas dos que propalam sobre a intenção de fraude por parte do M.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *