Connect with us

Politica

Situação política da região dos Grandes Lagos leva enviado especial da ONU ao Palácio Presidencial

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu nesta segunda-feira 17, o enviado especial das Nações Unidas Huang Xia, a actual situação política que se vive na região dos Grandes Lagos dominou a audiência, no Palácio Presidencial.

Huang Xia, que no próximo dia 26 do corrente mês, vai intervir na sede das Nações Unidas, disse à imprensa que depois do encontro com o Presidente João Lourenço está mais esclarecido sobre as últimas actualidades políticas que se vive naquela região do continente africano. Cita o CIPRA

“A razão da minha audiência com Sua Excelência Senhor Presidente da República foi no sentido de auscultá-lo, saber a sua leitura sobre o desenvolvimento actual na região” informou

O enviado especial das Nações Unidas disse ter aproveitado o momento para também felicitar o Presidente João Lourenço pela sua reeleição à frente dos destinos do país.

“Não esqueci de parabenizar o Senhor Presidente pela sua reeleição. Sabem que a reeleição de Sua Excelência Presidente da República não é somente um passo fundamental para Angola, mas também é muito importante para a região, porque durante décadas Angola sempre jogou um papel muito importante e estratégico na resolução dos conflitos existentes aqui na região”, acrescentou.

Huang Xia referiu ainda que recebeu do Presidente João Lourenço garantias de que Angola vai continuar a jogar o seu papel de mediador e trabalhar em prol da manutenção da paz naquela região do continente africano.

“O Presidente João Lourenço assegurou-nos que Angola não vai poder deixar de jogar o seu papel de mediador, vai continuar a trabalhar para o bem da região, vai continuar a trabalhar em sintonia com os diversos organismos existentes na região e também com os países, a fim de que venha de facto a contribuir para a paz que se pretende”, salientou.

O Presidente da República, João Lourenço, é o Presidente em Exercício da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), uma organização criada em 1994 e que congrega Angola, Burundi, República Centro-Africana, Congo, República Democrática do Congo, Quénia, Uganda, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia e Zâmbia.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *