Connect with us

Mundo

Mais de 500 desaparecidos em naufrágio na RD Congo

Cerca de 500 pessoas estão desaparecidas após o naufrágio de três embarcações ao largo da República Democrática do Congo (RDCongo) na noite de segunda-feira, anunciaram hoje as autoridades.

Published

on

acidente ocorreu perto de Epulu, na província de Mai-Ndombe, no ocidente do país, disse aos ‘media’ locais o deputado nacional eleito pelo município de Mushi, Didace Pembe.

“Trata-se de uma coluna de três embarcações que saíram da cidade de Mushi e por volta das 23:00 (22:00 em Lisboa), a cerca de 40 ou 50 quilómetros de Kwamouth, mais precisamente na aldeia de Epulu, foi atingida por ventos fortes e chuvas abundantes”, revelou Pembe.

As condições atmosféricas “viraram as embarcações, nas quais viajavam, de acordo com as primeiras informações, 500 pessoas”, juntamente com uma elevada quantidade de sacos de mandioca, acrescentou o político em declarações à Rádio Okapi.

A mesma fonte garantiu que há um pequeno grupo de sobreviventes, mas não adiantou números.

“De acordo com as mais recentes informações, uma pequena parte dos sobreviventes encontra-se perto de Brazzaville (a capital da vizinha República do Congo). Outros sobreviventes foram encontrados perto de Epulu, mas a maioria está desaparecida”, adiantou Pembe.

O deputado pediu a intervenção do Governo central para assistência médica, apoio aos náufragos e resgate dos desaparecidos.

O naufrágio de navios é um fenómeno recorrente na RDCongo, com as autoridades a trabalharem para a regulamentação de um setor em que abundam embarcações improvisadas.

O transporte marítimo é dos principais meios de deslocação no país, onde barcos não legalizados transportam passageiros sem oferecer garantias de segurança pelos diversos canais fluviais.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas