" />
Conecte-se agora

Foi lançado, ontem, 1 de Dezembro, na Província do Moxico – Cidade do Luena, a campanha “Nascer Livre para Brilhar, um evento que contou com a participação de representantes de organizações públicas e privadas, membros do executivo e da sociedade civil, representantes de organizações internacionais, e parceiros do Governo nos Programas da Luta contra o Sida.

Este ano a luta contra a epidemia, ganhou um novo impulso, com o envolvimento direto da Primeira Dama da República, Ana Dias Lourenço, que está a liderar a campanha” Nascer Livre para brilhar”, um compromisso assumido pelos chefes de Estado do continente na 29° Assembleia Geral da União Africana.

O objectivo principal da campanha lançada ontem no Luena, é a erradicação da SIDA pediátrica até 2030, através da eliminação da transmissão do VIH de mãe para o filho. A magnitude do desafio, que em grande parte dos casos está ligado as barreiras socioculturais, que impedem muitas das vezes mulheres grávidas de fazerem o teste, e começarem imediatamente o tratamento para evitar a transmissão vertical, foi o que motivou a Primeira dama, Ana Dias Lourenço, a optar por uma ação, junto de vários segmentos da sociedade, com uma mensagem directa a cada Angolano, que segundo a Primeira dama, a luta contra o VIH e a SIDA, só será vencida com o envolvimento de todos.

O lançamento da campanha que ontem teve início, é considerado como o ponto mais alto, de uma série que doravante será coordenada pelo Gabinete da Primeira Dama da República.

A campanha que tem como previsão a duração de 3 anos, alia-se assim, as estratégias do Instituto Nacional de Luta contra o Sida, que baseado nas metas e compromissos globais assumidos pelo País, elaborou recentemente um Plano Nacional de aceleração da Prevenção da Transmissão do VIH de mãe para filha.

O acto de lançamento da campanha na Província do Moxico, contou com empresa de mais de 40 mil pessoas.