" />
Conecte-se agora

Um dos escoltas do Ministro do Interior, que durante a semana passada protagonizou um acto de comportamento indecoroso na via pública em Luanda, contra os agentes reguladores de trânsito e da ordem pública, será hoje encaminhado e julgado por um dos tribunais de Luanda segundo fontes da Polícia em Luanda.

Conhecido como Jojo, segundo fontes do Correio da Kianda, o escolta de Ângelo da Veigas Tavares, aproveitou a ausência do Ministro que se encontrava no exterior do País, para usar da influência e estatuto que tem para humilhar outros agentes da Polícia, que se encontravam no seu pleno exercício de trabalho.
O escolta, chegou mesmo a manipular a arma, ameaçando agentes da ordem, que depois da intervenção de outros agentes, foi mobilizado e lhe retirado a pistola que se encontrava em sua posse.

O excesso de abuso de Poder muitas das vezes com recurso de arma de fogo por parte de alguns agentes da Polícia, tem sido recorrente em Luanda, e tem sido reclamado por vários cidadãos.
Recentemente, o Comandante Geral da Polícia, prometeu um combate cerrado á aquilo que chamou de batatas podres no seio da corporação.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of