" />
Conecte-se agora

Politica

Dia da Independência: Ângelo Tavares preside a cerimónia formal do hastear da Bandeira

O hastear da bandeira da República de Angola e a deposição de uma coroa de flores na estátua do primeiro presidente do País, António Agostinho Neto, no largo da independência, marcaram hoje (domingo) na província de Luanda, o acto das comemorações do 43º aniversário da independência nacional.

Redação

Publicados

on

- Angelo tavares - Dia da Independência: Ângelo Tavares preside a cerimónia formal do hastear da Bandeira

O ministro do interior, Ângelo de Barros Veigas Tavares, presidiu , a cerimónia formal do hastear da Bandeira Monumento, no Museu de História Militar (ex Fortaleza de São Miguel) que contou com a presença do governador da província de Luanda em exercício, Júlio Bessa, distintos auxiliares do Titular do Poder Executivo e representantes de partidos políticos e da sociedade civil.

Na ocasião, o ministro disse que durante estes todos anos a prioridade foi manter a integridade territorial, unidade e a paz alcançada, para salvaguardar todos os esforços daqueles que lutaram para a independência nacional.

Acrescentou que o país procura de forma gradual ir superando todas as dificuldades para seguir para o caminho da melhoria das condições de vida das populações e do desenvolvimento, seguindo assim o ideal do fundador da Nação António Agostinho Neto que o mais importante é resolver os problemas do povo.

Por sua vez, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, considera a data de estrema importância para todos os angolanos, pelo facto da autodeterminação e liberdade inscrever o nome de Angola no concerto das nações, como sujeito do direito internacional público.

Apelou os angolanos a continuarem a trabalhar, no sentido de corresponder aos anseios e aspirações, para colocar Angola no rumo do desenvolvimento e da prosperidade.

A Bandeira Monumento possui 40 quilos, 18 metros de comprimento e 12 de largura, e foi inaugurada no dia 4 de Abril de 2013, pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Foi construída em homenagem aos heróis da Pátria e a todos que contribuíram para a Independência Nacional, a Paz e o Progresso de Angola.

Angop

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (5)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (142)

Editor

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (33)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (4)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação