" />
Conecte-se agora

Politica

Livro sobre primeiro ano de mandato do PR escrito sem conhecimento de João Lourenço

Redação

Publicados

on

- 9B873A30 6E9B 43A5 8C88 19FD5EF11357 - Livro sobre primeiro ano de mandato do PR escrito sem conhecimento de João Lourenço

Um dos secretários do Presidente de Angola lançou ontem um livro/reportagem sobre o primeiro ano de mandato de João Lourenço à frente do país, obra que só foi do conhecimento do chefe de Estado angolano depois de concluída.

O livro, “que é uma espécie de reportagem”, é da autoria do também jornalista e escritor Luís Fernando, secretário para os Assuntos de Comunicação Institucional e Imprensa do chefe de Estado angolano, e intitula-se “Notícias do Palácio – O Primeiro Ano de Mandato do Presidente João Lourenço”.

“Não [o Presidente não soube]. Formalmente não, porque achei que não tinha nada de especial. Obviamente, se nos propuséssemos a ir a fundo sobre questões de natureza reservada, lá dentro, estaria em consulta permanente com o senhor Presidente, ‘isto pode sair, isto não pode’. Não é o caso”, disse o autor à Lusa.

Antes, ao comentar sobre o livro na cerimónia de lançamento no Memorial António Agostinho Neto, o autor contou que, na passada quinta-feira, interrompeu o trabalho de João Lourenço na Presidência da República “por uns instantes” para lhe entregar uma cópia do livro.

“‘Mas tu escreveste um livro sobre mim? Parabéns. Não li, mas dou-te os parabéns’, foi a resposta que tive de João Lourenço, que continuou depois a trabalhar”, relatou Luís Fernando.

“Bom, isto é uma reportagem elementar. Faço questão disso. Já disse que qualquer enviado especial [jornalista] que tenha acompanhado o Presidente da República nas suas muitas deslocações, tanto para o interior [do país] como para o estrangeiro, poderia ter escrito este livro. É informação pública, apenas trabalhada”, acrescentou, em declarações à Lusa.

Segundo Luís Fernando, 57 anos, natural da aldeia de Tomessa, na província do Uíge (norte), o livro tem como finalidade “fixar memórias, tão simples quanto isso”.

“É fixar memórias, pois é uma vertente que me tem interessado nos últimos tempos. Comecei com “Memórias da Transição” [De José Eduardo dos Santos a João Lourenço], em que acompanhei a campanha eleitoral. É um tipo de literatura com bastante aceitação, as pessoas querem saber e precisam de se documentar”, explicou.

Para o autor, que foi jornalista desde os 17 anos e que, após as eleições presidenciais de agosto de 2017, foi convidado para o cargo por João Lourenço, os angolanos querem conhecer o que se passa dentro do Palácio Presidencial, na Cidade Alta, em Luanda.

“A ideia é abrir, em primeiro lugar, o Palácio às pessoas, aos angolanos. O Palácio representa o centro político do poder em Angola e, desde que o país se tornou independente [em 1975], ninguém sabe o que é o Palácio, as suas vertentes mais gerais, quem lá trabalha, o que se faz, como é o dia a dia”, explicou.

“Obviamente que não são questões que revelam segredos de Estado. São os acontecimentos públicos, que eu apenas trato, dando-lhe uma capa romanceada, se quiser, e é isto que eu conto. Conto as viagens, como se prepararam, quais as peripécias, etc. Não é um livro extraordinário, é um livro normalíssimo”, referiu.

Luís Fernando trabalhou na Rádio Nacional de Angola mais de década e meia e, mais tarde, foi director-geral do Jornal de Angola.

Dirigiu o semanário O País, hoje em dia, diário, desde 2008, e foi administrador executivo do grupo Media Nova, proprietário da TV Zimbo, Rádio Mais, Exame Angola e O País.

Em 2009 foi admitido como membro da União dos Escritores Angolanos (UEA) depois de dez anos a publicar livros com regularidade, tendo vencido o Prémio Maboque de Jornalismo em 2011.

O primeiro livro “Noventa Palavras” saiu em 1999, seguindo-se “A Saúde do Morto”, “Antes do Quarto”, João Kyomba Em Nova Iorque”, “Clandestinos no Paraíso”, “A Cidade e as Duas Órfãs Malditas”, a trilogia “Um Ano de Vida”, “Dois Anos de Vida”, “Três Anos de Vida”, “Letras na Brasa” e “Silêncio na Aldeia”.

LUSA

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (123)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD