" />
Conecte-se agora

Mundo

Trump diz que seu governo planeja “cidades de barracas” para os migrantes

Redação

Publicados

on

- TRUMP - Trump diz que seu governo planeja “cidades de barracas” para os migrantes

Donald Trump afirmou na segunda-feira que seu governo planeja construir “cidades de barracas” para alojar milhares de migrantes centro-americanos que caminham pelo território mexicano rumo aos Estados Unidos.

O presidente disse que a medida, que coincide com o anúncio do Pentágono sobre o envio de 5.200 militares para aumentar a proteção na fronteira com o México, servirá para desestimular outros eventuais migrantes que desejam entrar no território americano.

“Se eles pedirem asilo, nós vamos retê-los pelo tempo que necessário para o julgamento acontecer. Nós vamos retê-los, nós vamos construir cidades de barracas, nós vamos construir barracas em todos os lados”, afirmou em uma entrevista ao canal Fox News.

“Nós não vamos construir estruturas e gastar todas essas centenas de milhões de dólares. Nós vamos ter barracas, elas serão muito boas, e eles vão esperar, e se eles não receberem asilo vão embora”, completou.

Trump disse que as solicitações de asilo, um processo complexo e que leva tempo, não costumam prosperar. “O problema é que são liberados (no território americano) e quando acontece o julgamento, três anos depois, não aparecem”.

“Mas, ao contrário de (seu antecessor Barack) Obama e ao contrário de outros, vamos reter as pessoas e elas vão esperar”, disse.
“Quando as pessoas entenderem os que está acontecendo, teremos menos pessoas vindo”.

O anúncio de Trump foi feito no momento em que um grupo de milhares de migrantes, que avança há mais de duas semanas a partir de Honduras com o objetivo de chegar aos Estados Unidos, se encontra no estado mexicano de Oaxaca, sul do país.

De acordo com as autoridades fronteira americanas, o grupo tem quase 3.500 pessoas, entre Oaxaca e Chiapas. Mais 3.000 pessoas estão na fronteira entre Guatemala e México.

Na reta final da campanha das eleições legislativas de 6 de novembro, Trump aproveita a caravana de migrantes centro-americanos, que chama de “invasão”, para agitar sua retórica anti-imigração entre os eleitores.

AFP

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (123)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD