" />
Conecte-se agora

Desporto

Barcelona humilha Real Madrid com uma mão cheia de golos

Luis Suárez foi a grande figura do clássico com três golos marcados e Julen Lopetegui já deve estar na porta de saída dos merengues

Redação

Publicados

on

- Suarez Barcelona - Barcelona humilha Real Madrid com uma mão cheia de golos

Barcelona humilhou este domingo o Real Madrid por 5-1, em Camp Nou, em partida da 10.ª jornada da Liga espanhola. Um resultado que consolida a liderança dos catalães com 21 pontos, mais sete pontos que os merengues, que ocupam o 9.º lugar da tabela, estando inclusive mais perto da zona de despromoção (seis pontos) do que do primeiro lugar).

A permanência de Julen Lopetegui no comando técnico do Real Madrid está neste momento por um fio, depois da humilhação sofrida no Camp Nou.
Sem Messi, o uruguaio Luis Suárez foi a grande figura dos catalães ao marcar três golos, algo que apenas onze jogadores do Barça conseguiram nos 239 duelos entre as duas maiores equipas espanholas, juntando-se a nomes como Evaristo, Gary Lineker, Romário e Messi (duas vezes), entre outros.
Com uma primeira parte demolidora, Philippe Coutinho abriu o marcador logo aos 11 minutos, a concluir uma grande jogada que culminou com um cruzamento de Jordi Alba para o internacional brasileiro. À meia hora surgiu o segundo golo na transformação de um penálti por Suárez, que abriu a sua conta pessoal.

O Real Madrid conseguiu responder no início da segunda parte, altura em que criou várias oportunidades para marcar, tendo conseguido reduzir a desvantagem por Marcelo (50′), relançando assim a partida.

Só que o Barcelona, já com Nélson Semedo em campo, voltou a tomar conta da partida e, outra vez de forma demolidora arrancou para a goleada nos 15 minutos finais. Luis Suárez bisou (o 4-0 foi com um fabuloso golpe de cabeça), Arturo Vidal também fez o gosto ao pé e já muito perto do final Nélson Semedo viu aquele que seria o sexto golo ser invalidado pelo árbitro.

No final, o desespero dos merengues era evidente e noflash interview o médio Casemiro colocou o dedo na ferida: “Este resultado é o reflexo da época que temos vindo a fazer.” Luis Suárez deixou o relvado com a bola do seu hat-trick, que o colocou como segundo melhor marcador de sempre do Barça na história dos clássicos: são nove golos em 11 jogos e só Josep Samitier, que representou os catalães na década de 1920, marcou mais.

Enquanto isso, em Getafe, o Betis, com William Carvalho no onze foi derrotado, por 2-0. A equipa dos arredores de Madrid marcou os dois golos na segunda parte através de Jorge Molina e Foulquier.

C/ DN

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (123)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD