" />
Conecte-se agora

Cultura

Escritor angolano Kalaf Epalanga apresenta “Também Os Brancos Sabem Dançar”

Redação

Publicados

on

- Kalaf Epalanga - Escritor angolano Kalaf Epalanga  apresenta “Também Os Brancos Sabem Dançar”

O músico e escritor angolano Kalaf Epalanga residente em Berlim, estará em Luanda a convite do colectivo cultural Pés Descalços em parceria com o Goethe-Institut Angola, para fazer o lançamento do seu mais recente livro, “Também Os Brancos Sabem Dançar” (edição Caminho).

A obra de auto-ficção retrata um episodio em que o músico e escritor Kalaf Epalanga, membro da banda Buraka Som Sistema, dirige-se de autocarro da cidade sueca de Gotemburgo para Oslo, a capital da Noruega, onde vai actuar nessa noite no festival OYA.
Como não tem um passaporte válido para mostrar é detido por tentativa de imigração ilegal e conduzido à esquadra da polícia para interrogatório. Aflito perante a iminência de perder o concerto, interroga-se: como vou explicar a estes polícias noruegueses que, apesar do meu aspecto pouco comum por estas paragens não sou mais que um pacífico músico angolano em digressão? Conseguirei explicar-lhes quem são os Buraka Som Sistema? Falo- lhes da cena musical de Lisboa? De como nasceu o Kuduro num musseque de Luanda? Eles irão perceber? Esta é a história deste extraordinário e surpreendente livro de Kalaf Epalanga.

O evento de lançamento do livro será no dia 9 de Novembro (sexta-feira) as 18H:30 no Elinga Teatro. Na apresentação do romance, Kalaf Epalanga vai participar de uma conversa com a actriz Tânia Burity e o analista social Tiago Costa.

Kalaf Epalanga, é músico, cronista e editor discográfico. Nasceu em Benguela, em Fevereiro de 1978, cresceu numa família de funcionários públicos, com ligações a vila da Catumbela, lugar que visita com regularidade, na tentativa de traçar um mapa afectivo com as pessoas e lugares que habitam a sua memória. Na segunda metade dos anos 90 mudou-se para Lisboa, com o objectivo de obter a melhor formação académica possível e regressar a Angola. No entanto, esses dois desejos sofreram um desvio quando se viu sem as rédeas familiares e um mundo novo a revelar-se diante de si. Optou por mergulhar e aprendeu com quantos baldes de cimento se faz uma parede e qual o ponto de cozedura do arroz para sushi. Aprendeu a gostar de Jazz e a apreciar arte e design tão intensamente que o regresso a Angola ficou adiado por tempo indeterminado.

- Tambem Os Brancos Sabem Dancar - Escritor angolano Kalaf Epalanga  apresenta “Também Os Brancos Sabem Dançar”

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (122)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD