" />
Conecte-se agora

Mundo

Moçambique: Frelimo vence autárquicas em 44 dos 53 municípios

O partido no poder em Moçambique, a Frelimo, venceu as eleições autárquicas de Moçambique em 44 dos 53 municípios do país, de acordo com os dados oficiais hoje divulgados.

Redação

Publicados

on

moçambique: frelimo vence autárquicas em 44 dos 53 municípios - Elei    es Mo  ambique - Moçambique: Frelimo vence autárquicas em 44 dos 53 municípios

Os dados foram divulgados no portal conjunto do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) e Comissão Nacional de Eleições (CNE) e no boletim de observação eleitoral do Centro de Integridade Pública (CIP), organização não-governamental.
Ainda não se conhecem os números da vila de Malema, no norte do país, ultrapassado o prazo legal para a publicação dos resultados pelos órgãos locais, após a votação realizada na quarta-feira, 10 de Outubro.

A Frelimo manteve o poder na capital, Maputo, enquanto que o principal partido da oposição, a Renamo, venceu em sete municípios, incluindo duas capitais provinciais: Quelimane e Nampula.

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) manteve o poder na cidade da Beira, capital provincial de Sofala.

RFI

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (123)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD