" />
Conecte-se agora

Politica

Repatriamento dos recursos financeiros domiciliados no exterior encontram obstáculos – AM

Redação

Publicados

on

repatriamento dos recursos financeiros domiciliados no exterior encontram obstáculos - am - BNA - Repatriamento dos recursos financeiros domiciliados no exterior encontram obstáculos – AM

O processo de recuperação de activos levado a cabo pelo executivo de João Lourenço, conta com obstáculos que fazem com que os seus efeitos possam apenas fazer-se sentir a médio e longo prazo, segundo a news later Africa Monitor, na sua edição de 04 de Outubro. Para o AM, as autoridades Angolanas, encontram diversos obstáculos para verem repatriados de forma voluntária os recursos financeiros domiciliados no exterior do País, nomeadamente:

– Dificuldades na idenficação dos titulares de contas bancárias (frequentemente familiares ou representantes dos verdadeiros titulares, ou sociedades terceiras);
– Grande quandade de património imobiliário (casas, terrenos) e mobiliário (acções, parcipações empresariais) em que foram converdos nos úlmos anos os fundos; o congelamento destes bens obriga a intentar acções judiciais de arresto;
– Transferência, nos úlmos anos, de grande parte dos acvos para paraísos fiscais ou praças financeiras com mais estrito sigilo bancário (Dubai, Hong Kong);
– Possibilidade de recurso pela defesa dos acusados com recurso à Lei da Amnisa, aprovada em 2017, na véspera das eleições presidenciais;
– Poderes significavos dos tulares de cargos públicos na movimentação de capitais, de forma legal, com base no ordenamento jurídico vigente

A Lei 9/18, sobre Repatriamentos de Capitais já vigora desde 26 de Junho, mas até agora, as autoridades financeiras não confirmam quaisquer informações de empresários Angolanos com fortuna domiciliada no estrangeiro a transferirem ao país.

Recorde-se que O Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, declarou não saber a quantia de dinheiro angolano depositado no exterior e apela à criminalização de pessoas que levaram dinheiro para fora do país de forma ilicita.

Publicidade

Autores

Ana Margoso
Ana Margoso (3)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (122)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (5)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (7)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (8)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (30)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (2)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD