" />
Conecte-se agora

Desporto

Apelada manifestação contra Rádio Cinco e TV Zimbo

Vasco da Gama

Publicados

on

apelada manifestação contra rádio cinco e tv zimbo - WhatsApp Image 2018 03 07 at 14 - Apelada manifestação contra Rádio Cinco e TV Zimbo

Os sócios, adeptos e amigos do Petro de Luanda foram apelados, na noite deste Domingo, 05, a manifestar-se contra dois analistas desportivos, Dinho Soares (Programa Prolongamento da TV Zimbo) e Carlos Pacavira (Quintalão dos Desportistas da Rádio 5), em repúdio ao que se considera ódio eterno que manifestam por via dos espaços radiofónicos e televisivos em que dão voz.

O apelo é do analista e dirigente desportivo, Mariano de Almeida que aproveitando a sua página oficial do facebook enfatizou tal pretensão para além de ter tecido, de igual forma, duras críticas aos dois analistas que, como disse, especializaram-se nos assuntos “anti Petro”.

O apelo resulta dos pronunciamentos dos dois analistas que no programa “Prolongamento” da TV Zimbo, desta segunda-feira, 05, terão minimizado a vitória do Petro de Luanda, no Luena, frente ao Bravos do Maqui.

“minimizar a vitória de 0-3 do Petro de Luanda sobre o Bravos do Maqui, associando a isso a problemas financeiros do Maqui, no mínimo, cheia à esturro. Criar birra sobre o Petro em tudo que faz de bem leva-nos a pensar que o Dinho Soares e o Carlos Pacavira estão a precisar tomar várias vacinas de inveja”, realçou o analista que comenta na Rádio MFM.

Prosseguindo, disse que “os adeptos do Petro deveriam se manifestar junto dos órgãos que dão voz a estes dos desestabilizadores para terminarem com esta paranoia.

Acrescentou ainda que a Direcção do Petro de Luanda, liderada por Tomás Farias tem que vir a público e mostrar as propostas de milhares de dólares que estes sanguessugas remeteram ao club do eixo viário para cuidarem da sua revista e outras acções de comunicação” rematou Mariano de Almeida, como dissemos, na sua página oficial do facebook.

De lembrar que Carlos Pacavira e Dinho Soares têm sido citados, frequentemente, como fazendo parte de um “gang organizado” de jornalistas e comentadores desportivos disponíveis a beliscar o bom nome do Petro de Luanda.

Fala-se, como disse Mariano de Almeida que os dois terão apresentado, no início da época 2017, um programa de assessoria de imprensa ao club que, para este efeito, foi rejeitado pelo Presidente do Petro. A partir daquela data, reforçam, os dois analistas tornaram-se em autênticos nocivos da equipa deplorando em todos os programas que participam, na Rádio Cinco e TV Zimbo, a equipa, seus adeptos e a direcção do Petro Atlético de Luanda.

A Direcção do Petro ainda não reagiu ao apelo de Mariano de Almeida mas tudo indica que nos próximos momentos poderá reagir porquanto o campeonato deste ano está nos seus primeiros de dias de disputa e se espera que a campanha organizada de pressionar os jogadores e a equipa técnica, a semelhança do que ocorreu época transata não tenha lugar.

O apelo que foi saudado logo a seguir pelos amantes do futebol, adeptos e sócios do Petro está a ser um antro de discussão no facebook.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Autores

António Sacuvaia
António Sacuvaia (76)

Editor

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (5)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Moses Caiaia
Moses Caiaia (4)

Mestrando em Ciências Jurídico-Empresariais

Vasco da Gama
Vasco da Gama (22)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (8)

Jornalista e Escritor