Connect with us

Economia

2018: Angola espera receitas de 12,2 mil milhões em petróleo

Published

on

As receitas fiscais angolanas com a exportação de petróleo deverão atingir, em 2018, mais de 2,399 biliões de kwanzas (12,2 mil milhões de euros), com o Governo a estimar vender cada barril a 50 dólares.

Os dados constam do relatório de fundamentação do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2018, que o Governo angolano entregou na Assembleia Nacional, na sexta-feira, documento ao qual a Lusa teve hoje acesso. O documento do Governo angolano prevê que 24,8% de todas as receitas a angariar pelo Estado sejam provenientes do sector petrolífero, enquanto os impostos do sector não petrolífero deverão ascender, em 2018, a 1,740 biliões de kwanzas (8.890 milhões de euros).

O Governo angolano prevê, no OGE, exportar 620 milhões de barris de crude por dia em 2018, acima dos 610,6 esperados, na mais recente projecção, para este ano. Depois dos 46 dólares orçamentados em 2017, e numa altura em que o barril de crude é vendido no mercado internacional a mais de 60 dólares, o Governo optou por uma previsão mais conservadora para 2018. “Tendo em conta a incerteza actual no mercado petrolífero e a volatilidade do preço, com base em toda a informação disponível sobre o desenvolvimento do mercado petrolífero, para o exercício de 2018 foi adoptada a previsão de 50 dólares/barril”, refere o relatório de fundamentação. Na proposta de OGE, cuja votação final no parlamento deverá acontecer até 15 de Fevereiro, o Governo angolano estima despesas e receitas de 9,658 biliões de kwanzas (48,8 mil milhões de euros), e um crescimento económico de 4,9% do PIB.

Trata-se do primeiro OGE que João Lourenço, empossado a 26 de Setembro como terceiro Presidente da República e líder do Governo, leva ao Parlamento, depois de 38 anos de liderança em Angola a cargo de José Eduardo dos Santos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *