Connect with us

Desporto

1.º de Agosto assumiu a liderança isolada do Girabola Zap

Published

on

O 1.º de Agosto assumiu, ontem, a liderança isolada à condição, do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola Zap, na sequência da disputa da 18.ª jornada, ao derrotar, por 2-0, o 1.º de Maio de Benguela, resultado que peca por defeito, devido ao inúmeros falhanços dos atacantes militares.

Guelor abriu o marcador, aos 8 minutos, e Rambé ampliou aos 28, numa partida totalmente dominada pela formação anfitriã, apesar da vontade demonstrada pelos proletários em dar a réplica.Com uma vantagem, de alguma forma confortável ao intervalo, o 1.º de Agosto entrou para a segunda etapa do jogo determinado a aumentar a vantagem, para depois controlar tranquilamente o adversário. Mas, apesar da constante pressão ao último reduto dos proletários, Guelor, Geraldo e Rambé, principalmente este, não conseguiam dar melhor sequência às várias oportunidades criadas.

Apesar do domínio avassalador dos militares, o 1.º de Maio continuou a acreditar e esporadicamente foi chegando próximo da baliza à guarda de Antoine Dominique. Fruto da permissividade dos defensores agostinos, Cristiano

reduziu, aos 84 minutos, para a formação benguelense. Após o golo, Agostinho Tramagal, técnico dos proletários, fez subir as linhas defensivas, na tentativa de conseguir o golo da igualdade, mas o 1.º de Agosto foi sempre mais perigoso, mas a pecar na finalização.

A Caála derrotou a Académica, por 1-0, no estádio do Ferrovia. O tento solitário da partida foi apontado por Tombé, ainda na primeira parte.Com o triunfo, a equipa treinada por David Dias chegou aos 27 pontos e ascendeu provisoriamente ao sexto lugar, com 27, relegando para baixo o Progresso Sambizanga, que joga apenas no dia 12 deste mês com o Recreativo do Libolo, por força do envolvimento da equipa de Calulo na fase de grupos da Taça Nelson Mandela. A disputa prossegue quarta-feira, quando o ASA receber e defrontar Sagrada Esperança, nos Coqueiros.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas